Vitor Kley se prepara para estrear no palco do Lollapalooza e promete se jogar na galera - CMN - Campos Magazine News

News

terça-feira, 19 de março de 2019

Vitor Kley se prepara para estrear no palco do Lollapalooza e promete se jogar na galera

Estourado com ‘O Sol’, o cantor se apresentará com Dubdogz e torce para que o público peça ‘Adrenalizou’ e ‘Morena’, música sobre Gabi, da banda Melim
Vitor Kley vai cantar no Lollapalooza BR 2019 — Foto: Divulgação
Quando olha para um ano atrás, Vitor Kley certamente diz: “Quanta coisa aconteceu!”. É bem verdade! Com um hit seu – “O Sol” – na boca do povo, o cantor viu sua vida virar de um extremo a outro. Quem diria que aquele jovem no meio da galera no Lollapalloza 2018, em 2019, estaria em um dos palcos do festival? Ele se apresenta no sábado, 6/4, com a dupla de Dubdogz, que fez um dos remixes da sua música.

“Quando veio o convite da participação com Dubdogz, fiquei muito feliz porque ano passado foi a minha primeira vez para curtir, assistir às bandas de que sou muito fã. Agora 2019, vou estar lá podendo cantar a minha música, que eu escrevi!”, vibra ele.
_____________________________

“Eu acompanhava o Lolla pela televisão, mas depois que fui no ano passado, ainda falei para os meus amigos e toda a galera da banda: ‘A gente precisa tocar nesse festival’”
_____________________________
Vitor Kley vai cantar 'O Sol', mas quer tocar outros hits no show — Foto: Divulgação / Tony Santos
A mentalização positiva deu certo! Victor vai subir ao palco para cantar “O Sol” com os DJs, mas espera poder tocar mais do que uma música nesse feat:

“Uma vez fui fazer participação com DJ, e a galera começou a pedir ‘Morena’, ‘Adrenalizou’, outras músicas. Eu cheguei e cantei a cappella mesmo! Então ainda estou com esperança. Vai que ‘dá boa’ lá no Lolla?”

“O single agora é ‘Adrenalizou’ e está entrando nas rádios, mas ‘Morena’ foi uma música muito importante porque foi pós ‘O Sol’. Imagina a missão da tadinha da música vir depois daquela que foi a que realmente mudou a minha vida? E ela deu conta do recado, acho que pela verdade da história”, detalha Vitor.

Quem não sabe, “Morena” foi uma música de Victor Kley para Gabriela, do trio Melim.

“Quando a gente escreve uma música, tem várias inspirações: às vezes uma tristeza, uma alegria, um amor, um romance - que foi o que aconteceu comigo e com a Gabi. A gente viveu aquilo mesmo: ela deu risada do meu cabelo, levou meu colar embora para o Rio de Janeiro. Mas a gente não está namorando. É a amizade que fica. Sou muito amigo dos irmãos dela, mas sim, a gente viveu um negócio muito legal”, lembra.

O compromisso amoroso do artista, neste momento, é com a música. Com uma pegada que tem o violão como grande companheiro de suas composições, Vitor está empolgadíssimo com o flerte com a música eletrônica do Dubdogz:

“Não era um universo que eu tinha muito conhecimento antes, e depois comecei a perceber que realmente a galera vai lá para curtir o som. Gostei bastante de poder quebrar essa barreira e conhecer um pouco desse mundo do eletrônico”.

No festival, Vitor ainda promete soltar seu lado fã e recordar seus tempos de gramadão:
________________________
“Estou muito feliz porque vai ser no dia do Post Malone que é um cara que eu sou megafã! Vou me jogar no meio da galera lá, vamos curtir para caramba porque no festival não tem energia ruim”.
________________________
Vitor Kley promete curtir o festival também no meio da galera — Foto: Divulgação / Tony Santos

Por Anny Ribeiro, Gshow 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net