Dois jovens feridos no massacre de Suzano recebem alta após três dias internados - CMN - Campos Magazine News

News

sábado, 16 de março de 2019

Dois jovens feridos no massacre de Suzano recebem alta após três dias internados

Extra
Dois dos sete estudantes feridos no massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, que estavam internados receberam alta nesta sábado. Samuel Silva Félix e José Vitor Ramos — que chegou ao Hospital Santa Maria com uma machadinha cravada no ombro — foram liberados após três dias internados. Samuel foi o primeiro a deixar o hospital. José Vitor saiu logo em seguida, por volta das 9h.

A adolescente Adna Isabella Bezerra de Paula, de 16 anos, que estava internada na UTI do Hospital das Clínicas foi transferida para a enfermaria da unidade. O quadro de saúde dela é estável.

Desde o ataque que deixou dez mortos na Escola Estadual Raul Brasil, sete estudantes que ficaram feridos já receberam alta de hospitais. Cinco adolescentes continuam internados — três estão no Hospital das Clínicas, em São Paulo, e duas no Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes.

Os atiradores Guilherme Tauci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, são ex-alunos da escola.

Depois de matar o dono de uma locadora e roubar um carro, os atiradores invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, no Jardim Imperador, e abriram fogo a esmo no horário do intervalo. No colégio, eles mataram cinco estudantes, duas funcionárias do colégio e, logo em seguida, se mataram.

O ataque deixou ao menos 16 feridos, que foram encaminhados para dois hospitais da região e para o Hospital das Clínicas, na capital paulista. Às 15h, o governo do estado informou que ainda havia oito pessoas internadas.

Os atiradores se envolveram em outro crime antes de invadirem a escola. Por volta das 9h, dois atiradores entraram em uma concessionária de carros que fica na vizinhança, a Jorginhos Veículos.

Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tempo - Tutiempo.net